Como incluir a mesa lateral na decoração?

A mesa lateral é uma peça que está ganhando espaço nos projetos, por ser bastante funcional e adicionar um toque moderno ao ambiente. Também conhecida como mesa de apoio, sua função é basicamente esta: servir como complemento ao restante da mobília. Entretanto, por não ser um móvel essencial, muita gente acaba ficando em dúvida quanto ao seu uso. Confira agora como incluir a mesa lateral na decoração.

Para que serve?

Às vezes esquecida, a mesa lateral pode ser a peça que falta para dar um toque diferenciado na composição. Útil, ela serve como cômodo para abajures, vasos e outros itens decorativos. Além disso, em locais menores, onde não cabe uma mesa de centro, por exemplo, a mesa de apoio é uma ótima alternativa. É indicada ainda para preencher áreas vazias. Geralmente, as mesas laterais são colocadas em cantos ou ao lado dos sofás. Isso vai depender da disposição dos móveis pelo ambiente e do espaço disponível.

Como escolher?

A primeira dica para escolher a mesa de apoio é pensar qual será a finalidade da peça. Outro aspecto que deve ganhar atenção é ao tamanho do móvel e às dimensões do local onde ele vai ser acomodado. Cuide para que não fique desproporcional. Caso seja colocada ao lado dos sofás, o ideal é que a peça não passe da altura dos braços do estofado. Assim, é possível armazenar o controle remoto, copos e petiscos sobre a mesa com praticidade.

O formato também é uma característica a ser analisada. As mesas laterais retangulares são ideais para salas compridas, já que proporcionam a sensação de continuidade. As redondas e quadradas são perfeitas para salas menores ou em proporção quadrada. Caso já tenha sido utilizado uma mesa de centro quadrada ou retangular, pode optar por uma mesa lateral redonda. O contraste de formatos é uma ótima ideia para trazer vestígios modernos ao ambiente.

Alguns modelos para você se inspirar

Lembre-se que a mesa lateral é um acessório. Portanto, seja criativo no momento de escolher o modelo. Caso queira optar por um visual contemporâneo, invista em uma mesa de apoio quadrada. Mas se preferir o clássico, as redondas são a resposta. Para decorações industriais, os modelos com pés em preto combinam perfeitamente, como é o caso da Mesa Adelle e da Mesa Cross.

Há ainda algumas peças que se tornam o destaque do ambiente. Quando o objetivo é esse, procure por opções com design diferenciado. Mesas de apoio feitas com corte a laser são um exemplo. As mesas duplas também chamam a atenção. Sofisticadas, conversam com diversos tipos de decoração.

O visual minimalista é outra possibilidade. Existem variados modelos que utilizam linhas retas, para trazer requinte e elegância ao décor. A Mesa Lateral Vareta oferece uma pegada leve e moderna. Produzida em madeira maciça de jequitibá, ainda conta com um detalhe em cobre escovado. O ambiente da sua casa vai ganhar outra cara com essa peça. Versáteis, as mesas laterais podem ser utilizadas em cantinhos da leitura, salas de estar e até mesmo nos quartos, como criado-mudo. O segredo é escolher uma opção que combine com o restante da composição e não exagerar na mistura de estilos. E a última dica é: não deixe muitos objetos decorativos sobre a mesa, pois isso esconde a beleza do móvel.

Decoração clássica: requinte e sofisticação em todos os detalhes

A decoração clássica é uma das preferidas de muita gente. E não é para menos, o estilo se destaca pela elegância e por oferecer conforto com o uso de elementos sofisticados. No artigo de hoje, confira algumas ideias para se inspirar e saiba quais peças podem fazer a diferença no décor tradicional.

Móveis nobres e muito requinte

Quando se trata de decoração clássica, a harmonização dos ambientes é recheada de requinte. O estilo resgata a história romana e traz consigo a riqueza daquele período. Pode-se notar esses detalhes, principalmente, no mobiliário. Por isso, a escolha das peças vai fazer a diferença para esse tipo de décor.

Geralmente, os móveis são em madeira, apresentam tons mais escuros e podem possuir pontos dourados em seu visual. Os pés levemente curvados e os puxadores trabalhados são marca registrada do estilo clássico. Você pode perceber essas características na Cômoda 12508, uma peça perfeita para compor o quarto. Produzida de madeira tingida preta, é uma peça-chave para dar aquele toque sofisticado ao ambiente. No quarto, invista também em uma cama grande e uma cabeceira acolchoada com acabamento capitonê.

A sala de estar é outro cômodo que recebe elementos clássicos facilmente. Há diversos modelos de poltronas estofadas que seguem esse tipo de décor. A Poltrona Atis é uma ótima alternativa para quem gosta do visual tradicional com um toque contemporâneo. Rica em detalhes, ainda proporciona extremo conforto. Já a Poltrona Flora transparece puramente o design clássico, assim como a Poltrona Luiz XV, que resgata o ar francês para oferecer nobreza ao espaço. As poltronas citadas são bem-vindas também em quartos e cantinhos da leitura. Para complementar a sala, outra opção é a Chaise Denver. Com um visual elegante, a peça contém todos os traços clássicos e, com certeza, vai fazer a diferença no ambiente.

Outro aspecto da mobília clássica são os tons neutros, como o marrom, o metalizado, que inclui o dourado, prata e bronze, e o branco, que também pode ser substituído por bege, creme ou off-white. Essa predominância se estende por toda a composição. É possível ir além e apostar em outras cores. Entretanto, para se manter no décor clássico, não há como fugir desses tons. Caso queira utilizar um papel de parede, busque por algum visual que converse com o estilo.

Utilize luzes quentes

A iluminação conta muito na hora de projetar qualquer decoração, inclusive na clássica. Use luzes amareladas e aposte em lustres, pendentes e abajures com visual que harmonize com o ambiente e a composição. Arandelas e luminárias de chão são alternativas para decorar espaços externos e halls de entrada. Como a cozinha e o banheiro requerem mais iluminação, faça uso da luz branca e mescle levemente com a amarela. Afinal de contas, nesses locais, é necessário destacar a funcionalidade. Deixe as luzes aconchegantes para os outros ambientes.

Acessórios: o toque final

Decorações clássicas pedem por acessórios. Pratarias, vasos, almofadas, esculturas, quadros com molduras requintadas e espelhos são itens perfeitos para completar composições tradicionais. Porém, é preciso ter um certo cuidado para não exagerar na quantidade. Os acessórios podem ser usados de maneira pontual, apenas para dar um toque extra de requinte. Compor o ambiente com o estilo clássico é ter a certeza de ter espaços confortáveis e elegantes. Para a harmonização seguir a fio, o ideal é que as áreas sejam amplas com pé-direito alto. Nesse caso, você pode usar os objetos decorativos de maneira mais livre. Mas se a sua casa ou apartamento forem pequenos, não tenha receio de transformar os ambientes com a decoração clássica. Basta utilizar a mobília certa e apostar em espelhos para ampliar os espaços.