O sofá é o móvel de destaque do ambiente, principalmente nas salas de estar. Muita gente acaba ficando em dúvida na hora de escolher a cor do estofado, já que ele é quem vai chamar a atenção na decoração. No artigo de hoje, separamos 4 dicas para te ajudar com essa tarefa.

Neutralidade: uma aposta certeira

As cores neutras são extremamente versáteis. Branco, off-white, preto, cinza, beges e castanhos. A paleta desses tons é uma ótima opção para formar a base de um ambiente. Em composições que caminham por esse percurso, o sofá de 3 lugares Dullius é uma excelente opção. O modelo Bold também é perfeito para quem busca compor o ambiente com tons sóbrios. A neutralidade das cores é indicada para decorações clássicas, modernas, minimalistas e industriais. Além disso, são bastante flexíveis quando o assunto é combinação. Se você quer praticidade, opte por sofás com tons neutros, como o gelo, cinza ou off-white, já que disfarçam a sujeira.

Cores complementares: a mistura pode dar certo

Tons opostos, como vermelho e verde, azul e laranja, são cores complementares que, combinadas, criam um contraste agradável. Utilizar, por exemplo, tons rosados e esverdeados podem formar uma atmosfera diferente e contemporânea. O sofá Compact é um modelo compatível para criar uma paleta de cores complementares. Você poderia misturar, no mesmo ambiente, o Puff Grissini 10, por exemplo. O recomendado é combinar cores quentes e frias. Você também pode optar pelos sofás em couro – que trazem um aspecto diferente em suas cores.

Considere o tipo do ambiente

Entender qual o clima da área onde o sofá vai ficar é muito importante na hora de escolher a cor. Por exemplo, tons mais fortes e ousados, como o vermelho ou amarelo são recomendados para ambientes sociais, como lounges e salas de visita. Já as cores pasteis sugerem relaxamento e equilíbrio, o que é indicado para áreas mais íntimas, como quartos ou salas reservadas.

A cor da sua personalidade

O ponto principal para escolher a cor do sofá é optar por aquela que siga a decoração já existente. Você pode criar composições com tons diferentes de uma mesma cor ou inserir um ponto focal com um tom mais vibrante, ou ainda utilizar apenas tons frios ou tons quentes. Há diversos caminhos, mas a escolha deve sempre seguir o tom da sua personalidade. Assim, o ambiente vai ficar do jeito que você gosta!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *